quinta-feira, 4 de setembro de 2008



LÉSBICAS: AS AMAZONAS DO MUNDO MODERNO.


A inspiração que uso no momento foi minha passagem a cidade de Salamanca na Espanha... a cidade das lésbicas.
Ao chegar em um lugar desconhecido a primeira coisa que um gay faz é procurar outros gays. Até encontrei!!! Mas na verdade quem me acolheu foram as lésbicas. Com todo seu carisma me levaram a todos os lugares, praças, bares, lojas...
Fiz grandes amizades e duas delas foram as donas dos dois únicos bares gays da cidade. Nestes somente trabalhavam mulheres, garçonete, bargirl, DJ e as propretárias. Inesquecíveis!!!
Confesso que aqui no Brasil eu nunca havia mantido muito contato com lésbicas, visto que, em alguns momentos me senti deslocado no meio delas.
Em Salamanca meu cotidiano era completamente “lésbico”, juro que até eu senti vontade ser lésbica. Conversas interessantíssimas, cinema, bares, museus, festas, jantares e o que foi mais importante: me apresentaram a série The L. Word.
Fã de carteirinha desta série aprendi a conhecer mais o mundo das lésbicas e juntamente comecei a acompanhar blogs e demais sites pertencentes a elas.
Cheguei a conclusão de que as lésbicas são as novas guerreiras do mundo moderno. Quase todos os movimentos e ONGs relacionadas a homossexualidade são regidas por lésbicas, bem como alguns congressos e convenções estavam sendo administradas por elas.
Será que elas não tem medo de encarar a sociedade? Será que elas nasceram em lar estabilizado e que as sempre apoiaram? Não!!!!!! Elas simplesmente nasceram com esse extinto de lutar e batalhar pelas coisas que acreditam ser as corretas. A primeira adoção por casal homossexual no Brasil foi feita por lésbicas. Com certeza passaram por maus momentos mas com sua vitória abriram as portas para todos os homossexuais de um país que cisma em classificar-los como “subcidadãos” pois pagam os mesmos impostos porem não possuem os mesmos direitos.
Outro momento que para mim deveria ser histórico foi em Brasília, aproximadamente dois meses atrás, quando de uma passeata evangélica contra o projeto de lei que pretende incluir no Código Penal a discriminação por orientação sexual aparece uma lésbica sozinha com um cartaz apoiando o projeto. Ela estava sozinha no meio de uma multidão, sozinha!!! Não sei seu nome mulher, mas te admiro até os últimos dias de minha vida.
Mas há uma coisa que vejo aqui no Brasil que me molesta muito: gays e lésbicas pertencem a grupos distintos. Não imagino quando houve essa separação mas vale a pena aqui narrar algumas observações quanto a este problema.
Quando iniciaram a caçada aos homossexuais, pela Igreja Católica, os queimados vivos ou torturados até a morte eram gays E lésbicas. Nas grandes guerras mundiais, nos campos de concentração, quem era ali jogados eram os gays E lésbicas. Quando hoje fazem passeatas ridículas e absurdas em Brasília contra a homossexualidade, neste grupo renegado está incluso gays E lésbicas. Então me pergunto: Se para o mundo heterossexual,gays e lésbicas são iguais, porque no nosso mundo homossexual temos que nos separar???
Concordo que temos gostos diferentes mas na essência somos todos iguais e necessitamos das mesmas coisas...direito a casar, a adotar e, acima de tudo, poder amar em paz!

Por VINCENZO GONZAGA.

7 comentários:

Fabi disse...

Carlitos, bela iniciativa!
Em uma sociedade extremamente individualista e preconceituosa temos de unir forças para conquistar os mais ousados sonhos! E esse direito pertence a qualquer cidadão do mundo!

Beijooooooo!

Queer Girls disse...

Oi!
Prazer enorme estar por aqui!
Adorei o texto, sua visita e o blog! Já te linkei no Queer Girls e estou fazendo um post sobre vc!
Parabéns!!
Vamos manter contato, tá?
bjos,
Mari

Trillian disse...

adorei o blog, tomei a liberdade de te linkar no meu. Texto maravilhoso.
xero

Duda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Duda disse...

Grande texto Vicenzo!
Prazer passar por aqui...
Já conhece O Lesbosfera?! Divulgamos outros blogs com temática lésbica, a Mari do Queer Girls também é autora. Através de um post dela conheci seu blog e pra ela ter enfatizado,só poderia ser muito bom mesmo, rs, parabéns e forte abraço!
Duda

Isadora disse...

Texto maravilhoso... sempre notei essa separação mas nunca pensei num por quê. E realmente não tem justificativa, deveríamos todos permanecer juntos na luta!

Miss X disse...

Adorei esse post! Cheguei aqui através do Queer Girls...
Tb acho q não faz sentido uma separação entre gays, lésbicas, ou melhor, não deve haver separação de nenhuma espécie, afinal, somos todos humanos e merecemos ser felizes!!!

Abs!