quinta-feira, 27 de novembro de 2008

RESPOSTA AOS ELOGIOS E CRÍTICAS SOBRE O POST "Mulheres heterossexuais e seus amigos Gays"


Pelo fato de meu pai ter sido submetido a uma cirurgia de urgência fiquei algum tempo sem postar nada.
No entanto ele já está muito bem de saúde e posso voltar as atividades normais.
Certa vez escrevi sobre mulheres heterossexuais e seus amigos gays e, desde então, venho recebendo muitos elogios sobre o texto bem como muitas críticas.
Quando escrevi esse post em nenhum momento fui machista e efeminado , bem como não disse que somente as mulheres heterossexuais e gays podem ser amigos como reclamaram através de e-mails.
Todas as amizades existem...homens e mulheres tanto heterossexuais como homossexuais podem ser amigos.
O verdadeiro motivo foi abordar um pouco da questão sobre a relação entre as heterossexuais e gays, pois querendo ou não, a mídia está abordando como uma “amizade da moda”.
Em vários sites e programas de TV as mulheres heterossexuais abordam que ter um amigo gay é ótimo, pois além de algumas vezes as ajudarem em roupas ou conselhos sobre homens, são ótimos amigos e muito fiéis.
Isso pode ser verdade ou pode ser mentira, porém estamos sendo tratados na mídia como ótimos amigos dos heterossexuais e sinceramente eu estou amando muito tudo isso.
Nem sempre nos elogiam e quando elogiam eu vibro de felicidade. Não importa se somos viris ou efeminados, o que importa na verdade é que estamos começando a receber elogios.
Para quem se preocupa apenas com a “baladinha” no fim de semana e por isso acha que esses elogios não tem importância, ou se preocupa somente em não ser chamado de efeminado...tudo bem, continue com esse pensamento. Mas para mim e como para todos que por anos e anos estão defendendo nossa comunidade isso é uma pequena vitória.
Durante séculos fomos ofendidos e tratados da pior maneira possível e quando hoje me deparo com um artigo elogiando a nossa personalidade, nem penso se quiseram nos chamar de efeminados ou não, somente penso que isto é ponto positivo para nossa comunidade.
Sobre o machismo que fui acusado, o texto que escrevi foi baseado em muitos relatos de mulheres que encontrei na internet, bem como através de conversas com minhas amigas heterossexuais.
Para quem não sabe fui criado por uma mãe extremamente feminista e que passou por muito preconceito nas décadas anteriores por ser uma mulher intelectualmente privilegiada, bem como possuidora de alguns diplomas. Acompanhei muitas vezes quando criança manifestações de machismo por parte de minha família com minha mãe e sempre me revoltei com isso. Então quando hoje alguém me chama de machista me sinto muito ofendido!
Em suma, escrevo sobre a nossa comunidade com muito paixão e sou muito feliz por escrever temas homossexuais, porém me entristeço com alguns gays ou lésbicas que somente entram no mundo dos blogs para tecerem críticas infundadas sobre o que os outros homossexuais escrevem.
Aos que me mandaram e-mails respondi com todo carinho e creio que tudo já foi resolvido, mas para quem enviou e-mail falso ou comentário anônimo... lamento...desejo a você um pouco mais de coragem na vida!
Aproveito aqui para elogiar e recomendar alguns sites e blogs de brilhantes pessoas da comunidade homossexual que conheci através de meu blog como o Pedro Pitanga do site omegahitz.com.br, Marcos Freitas do passageirodomundo.blogspot.com, a amada Mari do queergirls.blogspot.com, athosgls.com.br e muitos outros.
O conhecimento e o companheirismo são partes fundamentais do caminho que temos a percorrer para um futuro melhor da comunidade homossexual.
por VINCENZO GONZAGA

17 comentários:

pinguim disse...

Tens toda a razão no que dizes, meu amigo.
Abraço.

Marcos Freitas disse...

Obrigado pelo recomendação.

Quanto ao seu artigo, em nenhum momento vi uma posição machista, um abusurdo isso.

Relaxa e continue brilhando.

O Menino que Voa disse...

muito bom seu textopor ter, principalmente, colocado no lugar as pessoas que nao tem, sequer coragem de assinar seu comment absurdo!

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil! - disse...

VejaBlog
Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
http://www.vejablog.com.br

Parabéns pelo seu Blog!!!

Você está fazendo parte da maior e melhor
seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item: Blog

http://www.vejablog.com.br/blog

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Pegue nosso selo em:
http://www.vejablog.com.br/selo


Um forte abraço,
Dário Dutra

http://www.vejablog.com.br
....................................................................

Juliana disse...

Oi Vicenzo
Sou jornalista aqui no Rio e já li alguns textos seus no blog e fora dele.
Em todos os momentos voce é um escritor muito cuidadoso e nunca vi nada que desabonasse seus textos.
Sempre há pessoas que criticam tudo...então continue no mesmo estilo que voce vai longe!
Um imenso abraço.
Juliana Macedo

Leo disse...

Não vi nada de machista no seu texto. Contudo vejo com olhos cuidadosos estas novas associações. É bom ver que começam a nos ver como humanos, com qualidades e defeitos, e não apenas freaks.
Mas tenho medo destes exteriótipos. Nem todo gay tem bom gosto. Nem todo gay tem gaydar (pelo menos o meu veio quebrado! hehe) e nem todo gay tem a melhor amiga heterossexual.
Eu gosto muito de minhas amigas ht. Com elas me sinto a vontade para falar sobre homens e sexo o que, com homens ht, óbviamente não dá! Mas não gostaria de ser visto como o cachorrinho das heterosexuais...
um abraço

HAIRYBEARS disse...

EU GOSTEI DO TEXTO





HAIRYBEARS
http://hairybears.blogspot.com/

Anônimo disse...

O fato de dizer que os gays entendem melhor as mulheres pode dar aos outros a falsa imrepessao de que gays tem esse "dom" pqno fundo querem ser "mulheres". Eprecisa lembrar que ha muitos gays que sao viris tb. Eu, por exemplo sou confidente de amigosheteros, homens, nao e legal? Integracao!

Alice disse...

Eu li o seu texto e não entendi o motivo das críticas. As pessoas levam as coisas a sério demais.

Leo Carioca disse...

Eu concordo com você quando diz que todos podem ser amigos, independente do sexo ou das preferências sexuais.
Mas acho que a gente tem que tomar cuidado antes de fazer certas generalizações.
Por exemplo: pensar que TODAS as mulheres vão se dar bem com TODOS os homossexuais. Tem muita gente que pensa isso. E não é bem assim que funciona, né? Cada caso é um caso.

AIRBORNE disse...

como sempre, muito bom!!

e desencana, as pessoas machistas é que geralmente acusam as outras de estarem sendo machistas... porque na cabeça delas é isso que passa...

melhoras pro seu pai! :)

Kazé disse...

Me lembro do texto.
Só não me lembro se teci algum comentário, risos.
Mas que você mandou muito bem em ambos, isso mandou.
Ou melhor: manda!
Beijos.

Rodrigo disse...

existem muitas mulheres que também sao machistas e tem pavor a gays. Acho que os estereótipos podem ser bons ou ruins dependendo da opinião de cada pessoa.
Eu não me importo com este estereótipo, procurei sempre ser do jeito que eu sou e realmente sempre me dei melhor com as mulheres.

Fernanda disse...

É por estas e outras que te admiro muitttttooo, meu amigo "do soluço"...kkkkkkkk

Da sua amiga hereto...mais queridona...ahuahauha

bjossss

t.e.a.g.o. disse...

adorei o texto cara..
muito legal..

Cássio L disse...

É isso aí, outro ótimo texto como sempre! Quanto às críticas... sinal que as tuas idéias não estão sendo apenas absorvidas, mas sim gerando reflexão e debate também, que é o que se espera de grandes escritores que não tem medo de romper com paradigmas e mudar a realidade ao seu redor! abraço...

douglasfert disse...

meu caro, EU PRECISO DORMIR!
Mas simplismente não estou conseguindo! rs. Preciso parar de ler seus textos, mas tá difícil viu...rs.

Mas vamos ao que interessa...


Faltou o link direto aqui para o post original,não?

Amizades GAYxMULHERES está mesmo em moda, e cada vez mais, visando que faz um tempinho que escreverás sobre isto. Realmente é bom ter alguém falando bem de nós nas mídias. Bom mesmo!