terça-feira, 4 de novembro de 2008

QUERO UM AMOR!!!



Esta semana recebi um e-mail que me emocionou muito.
O autor deste e-mail é um leitor do blog, gaúcho, 22 anos, lindo, inteligente que me deu uma aula sobre o amor através de um texto bem extenso, porém, o melhor e mais bonito que já recebi em minha vida.
Em lindas palavras abordou o amor entre homossexuais de uma forma difícil de encontrar, mas não impossível.
Concordo com ele plenamente, no entanto, encontrar o amor está difícil para todos, é um problema em que todos os meios, não exclusivamente o nosso, estão sofrendo.
Antes da crise financeira mundial, a crise amorosa já estava em baixa faz tempo! Mas como o amor não é lucrativo e nem faz parte da bolsa de valores os jornais não fazem questão de abordar esta crise).
O ser humano banalizou o amor...esqueceu dos jogos de sedução...da conquista...dos encontros!
As pessoas, atualmente, esperam o “pacote amoroso” onde a pessoa deverá vir pronta polida e perfeita.
Em reflexões com amigos e em salas de bate-papo quase todos reclamam que não encontram alguém para amar e ser amado, pois ninguém mais quer namorar sério....DESCORDO!!!!
Se todos falam que querem é porque há mais de uma pessoa!!!!!
Conheço muitos casais que estão juntos faz mais de 20 anos e o segredo que eles revelaram para um relacionamento duradouro foi a PACIÊNCIA, COMPANHEIRISMO E ZELO.
Então...saímos na noite, beijamos, trocamos telefone, porém, no primeiro encontro fora de uma boate a pessoa já te analisa como se amanha fosse pedir sua mão em casamento!! Calma aí...primeiro há o namoro que serve para conhecer melhor a pessoa e depois casar!!!
Somente com o namoro saberemos se a pessoa é a certa ou não....nunca se conhece alguém profundamente em apenas alguns encontros, muito menos se os encontros são em boates.
Escute a pessoa...saia para jantar, ou faça uma janta em sua casa...apresente para os seus amigos (os bons amigos)...se interesse pela vida da pessoa (não obcecadamente, por favoooor), ou seja, antes de dispensá-lo (a) no primeiro encontro, dê algumas outras chances para se conhecerem melhor....se não conhecemos totalmente nem nossos pais que passaram quase toda nossa vida juntos a nós, como conheceremos uma pessoa em um dia ou em um mês?????
Focando o meio homossexual, posso afirmar que existe muita gente legal querendo um relacionamento sério, casamento, ter filhos e muito mais....então se você quer amar e ser amado vá atrás do prejuízo e pare de encontrar defeitos nos outros...somente ame, tenha paciência, seja companheiro, zele pelo bem-estar da pessoa, e um conselho muito importante: DEIXE SEUS PAIS FORA DISTO!!!!!Cuide de sua vida e não deixe que eles interfiram...sabem aquele ditado: “em briga de marido e marido ou mulher e mulher ninguém mete a colher”...continua valendo.

AMEM-SE!!!!

por VINCENZO GONZAGA

17 comentários:

O Menino que Voa disse...

concordo plenamente, em gênero, número e grau com seu post. a efemeridade dos relacionamentos gays, hoje, se dá pela simples falta de paciência...e pressa!

Thiago Gagante disse...

É, o amor existe, é dificl de encontrá-lo, mas existe. Assumo q não sou dessas pessoas q nasceu pra casar, mas no momento só me vejo assim, vivendo pra sempre com a mesma pessoa.

Ricardo Dalai disse...

amor...

enfim
respondo com meu texto de hj

^^

Babi disse...

acho q nao so nos relacionamentos gays, mas nos heteros tbm, a paciencia anda bem longe, no qual eh um problemasso...

adorei suas postagens!
bjs

a.s.p. disse...

Post de agradecimento: Obrigado pela visita e comentário. Sempre bom ouvir elogios, sobre a foto. Bem, é roubado do David Lachapelle...devia ter colocado os créditos...mas fazer o quê? Nasci para o crime :-) ou pelos menos para as coisas erradas.

Cássio Lavarda disse...

Todo mundo diz que adora o mar, mas só lembra da praia quando o dia tá perfeito, ensolarado... Pra gostar de verdade do mar, tem que gostar também dos dias frios, chuvosos, vento forte, ressaca e todo o pacote completo. O mesmo vale para as pessoas e é aí que aquelas palavrinhas no texto, paciência, companheirismo e zelo, fazem toda diferença entre gostar de alguém e entre amar alguém de verdade... Adorei, abração!

Mari disse...

É, isso mesmo! As pessoas esquecem de tantas coisas...só olham para si, para seu vazio e ignoram que relacionamentos requerem dedicação, calma, tolerância, respeito...
AMOR!!
Mas, sempre há esperança de encontrar uma pessoa bacana. Elas existem!!
bjo grande!!

Marcos Freitas disse...

Vou completar 6 anos de namoro, e nem de longe o meu namorado é um cara perfeito, mas amo, e quero ficar com ele, uma pena as pessoas não seguirem essa lição a risca.

Rodrigo Melquiades disse...

Nossa muito bom seu texto...complexo e profundo...adorei cara...
Vc escreve muito bem...parabéns!!!
Muito obrigado pelo elogio ao meu blog, mas o seu da um show no meu...
Mega abraço garoto...
òtimo fds...

MANS / ANDRÉ disse...

o amor existe sim
mas não acredito que seja algo para achar... amor acontece, vc não procura... cabe aos corajosos encarar o trabalho que dá e o quanto vc abre mão em prol desse sentimento mais valioso que qq outra coisa

bjo grande

Paulo disse...

Concordo contigo! Esse é o tema recorrente da maioria dos blogs hoje em dia, inclusive do meu... Mas aonde está essa cara metade?

Não sei, depois de você ficar com tantos pelas baladas afora, de banalizar tanto a coisa, você passa a ser mais exigente... O problema é que os níveis de exigência começam a ficar altos demais, e claro, você fica sozinho!

Preciso baixar meus níveis de exigência, viu...


abraço!

TEAGO S. A. disse...

tbm quero o amor

Pati Veras disse...

Lindo... simplesmente lindo.

Tiago disse...

Chocado com o blog! Adorei.

;*

Willians disse...

Ah, o amor... tão esperado!
Esse assunto é tema para tópicos de diversos blogueiros. Gostei dos seus toques, ninguém ama ninguém assim que conhece, mas pra amar de verdade é necessário permitir-se. Saber reconhecer na pessoa qualidades suficientes para superar todos os seus defeitos.
Também me incluo nessa massa, mas sei que o amor vai acontecer, só não procuro mais.

pinguim disse...

Muito interessante este texto; concordo com o essencial.
Abraço.

Bruno Raphael disse...

Concordo plenamente com texto. Por muito tempo, acreditava na crônica de Mário Quintana, onde o mesmo fala que o segredo é não correr atrás das borboletas e sim cuidar do jardim para que elas venham até você. Acreditei profundamente nisso que literalmente parei de procurar e comecei a simplesmente cuidar de mim. Bem, como era de esperar a tal borboleta nunca veio.
A grande verdade é que um lado sempre tem que ceder. Alguém sempre vai ter que ligar primeiro, dar o primeiro abraço, o primeiro beijo e assim por diante.
Ouvi de um amigo: "Se esse alguém for você então sempre será o primeiro a quebrar a cara".
Ele está com a total razão, mas se existe um coisa da qual eu me arrependo profundamente, são das coisas de eu deixei de fazer.