quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

PAIXÃO POR UM(A) HETEROSSEXUAL. UM GRANDE PROBLEMA EM MÃOS!


Já acompanhei o sofrimento de algumas amigas lésbicas e amigos gays que se apaixonaram por heterossexuais e posso afirmar que é doloroso.
A paixão como sabemos pode acontecer a qualquer momento. É um sentimento muito bom, desde que seja vivido com a pessoa certa, fato este que não acontece quando a pessoa desejada gosta do outro sexo.

Quando nos apaixonamos por outro(a) homossexual, mesmo que não sejamos correspondido ainda ficamos com aquela “pontinha” de esperança que a pessoa acabe se apaixonando também.

No entanto se apaixonar por um(a) heterossexual e querer que ele ou ela se apaixonassem é outra coisa.

Alguns homossexuais afirmam que conhecem heterossexuais que “viraram” homossexuais. Não concordo com isso!!!

Há pessoas que afloram a sua homossexualidade um pouco tarde e antes disso acreditavam ser heterossexuais. Mas, estes, sempre souberam que tinham algo diferente dentro de si, mesmo não sabendo ao certo o que era, ou seja, já eram homossexuais, mas ainda não estava claro em suas cabeças. Não pretendo aqui me aprofundar neste assunto, pois nunca ninguém entendeu ao certo como isso acontece.

O que podemos dizer é que se alguém um dia “virou” homossexual é porque nunca foi totalmente heterossexual, ou nunca o foi, somente teve sua sexualidade abafada por motivos sociais e etc.

Afirmar que um(a) heterossexual pode “virar” um(a) homossexual é estar afirmando ao mesmo tempo que um homossexual pode “virar” um heterossexual!! E isso sabemos que não é certo, pois se fosse não existiriam leis que proibissem tratamentos para transformação de “homos” em “héteros”.

Temos sempre que ver os dois lados da moeda. Afirmar que os heterossexuais podem ser homossexuais é afirmar que nós podemos ser heterossexuais também. Muito cuidado!!!
As vezes temos amigos ou amigas heterossexuais que são maravilhosos e é claro que em algumas situações fica difícil reprimir uma paixão. Entretanto, se você tem certeza que esta pessoa é realmente heterossexual...lamento muito...mas você irá sofrer.

Pode ser um pouco “pesado” tudo isto, mas é a verdade.
Acredito num mundo em que um dia heterossexuais, homossexuais, bissexuais e outras sexualidades viverão em plena harmonia e em alguns lugares ou grupos isto já ocorre.

Isto tudo vale tanto para os(as) homossexuais como para os(as) heterossexuais.
Porém quando falamos em sexo e afetividade vale aqui destacar aquela frase “cada um no seu quadrado”.

AMAR E SER AMADO!!!

Por VINCENZO GONZAGA

28 comentários:

O amor e etc. disse...

Nunca me apaixonei por um heterossexual, mas só me interesso por eles, saco. hahahahahaha
Minha amiga vive me perguntando porque eu não facilito as coisas e me interesso pelos gays.
Deve ser realmente muito difícil apaixonar-se por um hetero, um amor platonico.

Maria Lucia Gonzaga disse...

Olá filho
Li este último texto e vejo que andas pelo caminho certo.
Eu, como psicóloga, já encontrei alguns casos assim, heterossexuais apaixonados por homossexuais e vice-versa.
Nossa útlima conversa foi bem produtiva pelo que li.
Te amo
Sua mãe!

Leo disse...

Que fofo a sua mãe comentando aqui!
Fiquei curioso pra saber como ela aconselhou estes homossexuais apaixonados por hts.
Eu entendo bastante disso... 8 anos de devoção por um HT. Não posso dizer que já superei isso. Apenas digo que melhoro a cada dia. Mas tenho meus direitos a recaídas.
Também não acredito em ex-héteros, da mesma forma que não acredito em ex-gays. Mas acredito em "nuances".
Você já assistiu o filme "Kinsey - Vamos falar de sexo". É um filme sensacional que conta a história verídica de um cientista americano que na década de 70 (se não me engano) percorre os EUA fazendo pesquisas sobre as práticas sexuais das pessoas. Uma das muitas conclusões que ele apresenta é uma escala de 1 a 6, sendo: 1 para pessoas que fazem sexo estritamente com pessoas do sexo oposto. 6 para pessoas que fazem sexo estritamente com pessoas do mesmo sexo.
Ele conclui que o bom senso e a pesquisa o levam a crer que a grande maioria das pessoas estaria no meio da escala.
Acredito MUITO nisso. Faz muito sentido pra mim. Explica todos os tipos de gays, dos mais afeminados, aos héteros "eu não sou gay, foi só dessa vez".

Desculpe pelo tamanho do comentário.. rss
abs

pinguim disse...

Amigo
como considero que todo o heterossexual é um potencial homossexual, e cada vez mais acredito nisso, porque não será isso possível?
Abraço.

[Farelos e Sílabas] disse...

...

Parabéns pelo post!

De fato, no tocante à sexualidade, muita gente ainda crê que se "vira", se torna "ex", etc. Sexualidade tardia também foi outro ponto importante. O ver-se, o aceitar-se, enfim, trata-se de outra questão. Jamais ritual de uma sexualidade para outra!

Aos que residirem no Rio, um convite: domingo, 07/12, às 17h, palestra extraordinária com Sérgio Viula, um, digamos, "ex-ex-gay", sendo atualmente ex-presidente de um grupo pseudo-terapêutico que defende a existência de ex-gays. Sérgio Viula é filósofo e foi entrevistado no "Altas Horas", na TV, abordando a mesma questão!

Palestra gratuita. Imperdível!

Local: salão de reuniões do Hotel Pouso Real, na rua do Resende, 35, Centro, RJ.


...

O Menino que Voa disse...

olha... isso eh BEM polemico, mas eu devo concordar com voce... se vc diz que alguem vira um coisa, esse alguem pode DESvirar tb.. não eh uma situacao modelo Mulher-Maravilha, que basta dar uma rodadinha e está tudo ali... prontinho.

Cássio L disse...

Sobre heteros "virarem" homossexuais... bem, o fato de um homem eventualmente transar com outro, não significa que ele também vá desenvolver algum tipo de afetividade por pessoas do mesmo sexo. Conheço gays que também já transaram com mulheres e nem por isso se relacionam com elas.

Acho que amor você só sente de uma maneira. Prazer você pode sentir de várias..!

Dama de Cinzas disse...

Muito bom seu post! Eu conheço um gay que se apaixonou por um hetero e foi realmente muito sofrido para ele. Posso imaginar que situação chata!

Quanto a hetero virar gay e vice-versa, concordo contigo em tudo, se alguém pudesse virar homossexual eu teria virado, porque acho homem hetero na maioria das vezes muito chato e careta... eheheh

Um grande beijo pra ti e obrigada pela visita! Vou te colocar na minha listinha de blogs, vc escreve bem!

AIRBORNE disse...

eu tenho uma amiga que era apaixonada por um amigo gay meu...

daquelas de nem conseguir falar com ele direito... foi passar depois de muito tempo...

mas concordo com vc, dizer que uma pessoa pode virar ou não uma ou outra coisa é usar a expressão "opção sexual" (que eu particularmente odeio)... o que já sabemos que não é opção :)

Alice disse...

Nossa, todo gay já passou por isso na vida, e como dói! Complicado demais refrear o desejo e se conformar.

Bonecah de Pano disse...

Olá
Tudo beeem?
Viajando por outros blogs acabei parando no seu.
Me interessou seu perfil..
E acabei gostando mais ainda do seu post!
Pensa parecido com você..
Com relação à ter esperanças de que um dia todos possam viver em harmonia, sem desrespeito às diferenças!

Beeijo.

Voltarei mais vezes.

Bonecah de Pano disse...

Gostei do seu blog de verdade..
E quero só ver se vai me visitar mais vezes mesmo.
Vou te linkar no meu blog tá?

Beeijããão.


Até mais.

Carlos Eduardo disse...

Já passei por isso, é péssimo.
Adorei o seu blog, e já vou linkar.


Passe no meu sempre que quiser,
um beijo.




http://putoanonimo.blogspot.com

Gustavo disse...

Não recomendo para ninguém sobre isso.
Eu já tive minhas diversas aventuras e posso afirmar que é no minimo difícil conseguir levar essas coisas, mas a vida segue.

Gostei da forma que você escreve, deslizei na leitura.

Bjunda

Desventuras em Série disse...

Oi querido.!
Obrigada pela visita em meu blog..sinta-se a vontade para voltar quando quiser.!
Adorei seu blog, de verdade. Adorei o tema..adorei seus textos.
Ter um amor platônico entre heterossexuais já é difícil...agora se apaixonar por alguém que vc tem ctza que não vai retribuir o amoor...deve ser mais complicado ainda.
Vou te linkar no meu blog...pra voltar aqui mais vezes... ;)
Beijãão!

Caio Vinicios Sobreira Aranha disse...

Eu já me apaixonei por um hetero.
Foi muito ruim.
O pior é que ele ficava brincando comigo. Às vezes me beijava na face. Eu ficava doidinho por ele.
Mas hoje tenho mais cuidado.

Tales na Web disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tales na Web disse...

Acho que na real é muito tênue a linha que separa a amizade de um relacionamento mais profundo, mesmo as duas coisas sendo diferentes.
É complicado saber o que está sentindo e é fácil fácil se confundir.

Eu ouvi num filme certa vez que sempre tem um momento crucial antes de se apaixonar, um milisegundo em que se descobre o que vem pela frente e então se pode escolher entre seguir em frente ou não, depois disso não tem mais volta.
Não sei se existe mesmo esse tal momento, mas seria bem mais fácil poder escolher...

Daniel disse...

Oi,Vicenzo, tudo bem?
Vc parecem bem boa pinta, heim?
Beijos de Londres!!!!!!!!!!!!!!!!
Dan
www.sembolso.blogspot.com

[Farelos e Sílabas] disse...

...

Oi, rapaz! Valeu pelo retorno!

Mais informações sobre a palestra GRATUITA aqui no Rio através do blog do próprio palestrante, Sérgio Viula:

http://gls.zip.net/index.html

Viula, em razão de sua vasta experiência na questão dos supostos "ex-gays", foi matéria (e capa) na revista Época, além de ter sido entrevistado em muitos outros canais. Quem estiver por aqui, na cidade, imperdível! Domingo, 07/12!


...

pe-jota disse...

Gracias por la visita y el comentario, pero tanto como perfecto, jejeje, gracias, se hace lo que buenamente se puede.

Rodrigo disse...

Me apaixonar por hétero nunca, só houve um interesse, uma atração. Acho que para mim se apaixonar, tem que haver pelo menos uma brecha da outra pessoa.

Rodrigo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rodrigo disse...

coloquei o seu link no meu blog
Mundo gay!!!

Marcos Freitas disse...

Falou e disse, concordo contigo. Esses dias estava conversando com um amigo sobre isso e disse: O fato de uma pessoa ter uma relação homo não o torna homossexual. Eu já beijei mulheres, e isso não afetou a minha homossexualidade, graças a Deus.

t.e.a.g.o. disse...

ja me apaixonei por um heterossexual...
era as fases mais horrivel que eu tive...
nem quero lembra..
agora to apaixonado por um cara que é bi... vamos ver oque vai dar...

flavia melissa disse...

Pois eu vou te dizer que eu já fui ultra, mega, hiper, blaster apaixonada por um amigo gay e simplesmente não me conformava com o fato de ele não gostar de mulher. Foi bastante sofrido e eu demorei pacas a super toda a situação.

Vi o comentário da Dama aqui e concordo com ela - prá variar. Se desse prá virar homossexual eu teria virado, tenho um zilhão de amigas lésbicas e qq mulher hetero da minha idade já tá de saco cheio dos homens heteros, hahaha! Até tive uma experiência aqui, outrazinha ali, mas nunca passou disso e eu não me sinto interessada por outras mulheres.

De qualquer forma, parabéns, Vincenzo, pelo seu blog, pelas suas idéias, pela sua iniciativa de dar a cara a tapa defendendo suas idéias.

Se existissem mais pessoas como você no mundo, esse planetinha terra seria um lugar bem mais legal de se viver.

Voltarei mais vezes!
Um beijo carinhoso :)

Mari disse...

Vi,
Perfeito!! Não existe esse "virar". As coisas estão dentro de nós, guardadas, quietas, adormecidas. Agora, acredito que há pessoas que são Bi sim. Essas podem descobrir sua atração por pessoas do mesmo sexo mas tardiamente. Como qualquer homossexual pode ter força para dar vazão ao seu desejo mais tardiamente ainda.
Falou muito bem!!