segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

LÉSBICAS NO PODER


Recentemente A “LESPOWER” Johanna Sigurdardottir assumiu o cargo de chefe de governo sendo a primeira lésbica a assumir este posto na Islândia.


Com notícias assim é que vejo que o mundo está se tornando um lugar melhor para nós homossexuais vivermos.


Até 1995 ― somente 14 anos atrás ― a homossexualidade fazia parte do Código Internacional como portadores de transtornos sexuais e hoje estamos nos mais importantes cargos do mundo.

bom...o mundo está mudando...uma lésbica no governo da Islândia, um negro como Presidente dos EUA...o príncipe indiano saindo do closet...por isso que ainda acredito que o ser humano pode mudar para melhor e deixar preconceitos rídiculos de lado!!!
Só falta o Brasil mudar!




por VINCENZO GONZAGA

7 comentários:

Felipe Lucchesi disse...

É ! As coisas estão mudando para melhor...

Daniel Silva (Sair das Palavras) disse...

Olá

Passa no meu blogue e aceita o desafio.

Ab

Hernan Fernandez disse...

Bom, os homossexuais sempre tiveram seu destaque, mas voltado para o mundo da moda, que design, grifes, decoração, beleza e hoje vemos que estamos chegando até a política. Isso é um ponto fundamental, estamos ganhando espaço e aos poucos respeito.
O sonho continua!
beijos querido! ;)

lola aronovich disse...

Ish, Vincenzo, ISLÂNDIA?! Islândia não foi aquele país que faliu no ano passado? Não sei se é a melhor hora pra uma lésbica assumir um cargo no governo...
Ainda falta muito pro mundo mudar, infelizmente. Quando eu estava nos EUA, durante a longa campanha pra definir quem seria o candidato democrata à presidência, se a Hillary ou o Obama, várias publicações gays fizeram cálculos pra ver quanto tempo levaria pra que o primeiro candidato abertamente gay tivesse reais chances presidenciais nos EUA. Deu mais de 50 anos...
Falta muito pra mudanças de verdade. Não dá pra aposentar as bandeiras não.

John Rômulo disse...

Como ja disseram os gays sempre tiveram realmente muito destaque,mas apenas nas artes e no entreterimento.
É muito bom ter gays formados! com cargos importantes!
Quanto a Islândia não vejo problemas em ela assumir o cargo nesse momento.Se ela foir copetente ela salva o país e se não for ele vai falir de vez.

ANDRÉ MANS disse...

APLAUSOS
mas temos que tomar cuidado para não escolher aquele simplesmente por ser gay, hetero, negro ou católico... o que importa é a competência e a índole... e isso não tem raça, sexo e credo que forme.

Carla disse...

LESPOWER!!! ameeeeeeeeeei