sábado, 17 de janeiro de 2009

QUAL A MELHOR OPÇÃO PARA ENCONTRAR UM(A) NAMORADO(A)? FICAR EM CASA E ESPERAR APARECER? OU SAIR A NOITE TODOS OS FINAIS DE SEMANA?


Não tenho uma opinião formada sobre isto, pois afinal há casos e casos.
...um(a) acaba namorando com alguém que conheceu num sábado pela noite, outro(a) com alguém que conheceu numa fila de banco e assim por diante.
Cada um cria em sua cabeça um certo “mito” para encontrar alguém. Mas, na verdade, não há um padrão para achar um(a) namorado(a).
Sempre escutei o mito de que “quando não se quer alguém é justamente quando se encontra” e blá bláblá. Nunca acreditei nisto até uns anos atrás.
Quando eu ainda morava na Espanha eu não queria ninguém, pois logo retornaria ao Brasil. Sempre apareciam homens interessantes querendo me namorar mas eu saia correndo...até que um dia, bateram na minha porta (literalmente) e minha amiga de apartamento pediu que eu abrisse, pois era um amigo de faculdade dela que estava trazendo uns livros...resumindo: um tempo depois eu e o tal “amigo de faculdade dela” casamos. Realmente este negócio de “o amor bater na porta” aconteceu para mim!!!

Meu primeiro namorado conheci num supermercado próximo a minha casa. Eu estava fazendo compras com minha tia e ela foi pedir informação a um funcionário. Após dada a informação, minha tia virou as costas e o funcionário sorriu para mim. Resumindo, também: no outro dia voltei ao supermercado para comprar algo e ele sorridente demais me disse oi e blá blá blá...ficamos juntos por cinco anos!
Vários amigos meus namoram “caras” que conheceram na noite e são muito felizes.
Não há como impor uma regra sobre onde encontrar o par ideal. O que importa mesmo é como está sua cabeça. Se você estiver bem consigo, com certeza apareceram várias oportunidades de encontrar alguém.
Cuide de si em primeiro lugar...mas sempre dando uma olhadinha para os lados, pois a pessoa ideal pode estar mais perto do que você imagina!!!


por VINCENZO GONZAGA

16 comentários:

Black Angel disse...

Tem 2 caminhos... e os 2 caminhos são válidos, mas a certeza é que mesmo em casa há formas de correr atrás hehehehe
http://homenseanjos.blogspot.com/2009/01/eu-eu-mesmo-e-algumas-coisas.html
Depois dê uma olhada

Felipe Lucchesi disse...

Há casos e acasos.risos

Mabe disse...

Concordo em gênero, número e grau contigo.
Beijos, meu amigo.

VINCENZO GONZAGA disse...

é casos e casos mesmo Felipe!hehehe

pinguim disse...

Eu confio muito no acaso; claro que é preciso estar receptivo...
Agora andar obcecado por encontrar o "outro lado", isso não...
Abraço.

Hernan Fernandez disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Hernan Fernandez disse...

Eu já fui de ficar procurando, mas hoje estou muito tranquilo. Nunca namorei outro homem, estou numa fase solteiríssimo. Vamos ver até quando...hehe
Mas estou tendo contato com um bofe que encontrei na balada. Ele é super querido e do jeito que gosto. Estou deixando acontecer, sem pressa, sem neuras que no momento que for será.
Vincenzo adoro seus textos.
beijos do fê! =)

AIRBORNE disse...

muito bom o texto!

concordo com você, e realmente não existe um padrão pra se conseguir alguém, existe sim uma abertura e uma predisposição a se relacionar, as pessoas que estão assim geralmente acabam encontrando alguém, seja no meio da rua, na balada ou "batendo na porta"...

ótima semana!

Gustavo disse...

Bom sou meio suspeito a falar porque já tentei as duas coisas.
E digamos que quando corri atrás foram as vezes que mais valeram a pena mesmo.

Só que na verdade vai de cada um. porque esperar é bom, mas o legal de correr atrás é simplesmente se jogar sem medo de ser feliz, mas como vc mesmo disse é preciso olhar para os lados e quem sabe da certo.

Bjunda

Dama de Cinzas disse...

Realmente não existe uma regra para isso! Mas é certo que umas pessoas tem mais sorte que outras! Meus namoros sempre foram batalhados, nada caiu do céu. Na noite eu só encontrei cara que não prestava pra namoro. Todos os que foram importante na minha vida, conheci em lugares em que não estava procurando... rs

Beijocas

a.s.p. disse...

Godspeed Vicenzo! Godspeed :-)

Bubbles disse...

A vida eh feita de opcoes! Optei sair na night ( quase que todos os dias) e quando menos esperava encontrei o meu amor! Estamos juntos a sete anos! : )
xxx

gil disse...

gostei muito desta sua autodefinição de encontrar um amor!! embora não acredite me faz bem pensar que existe amor embora dure tão pouco hoje em dia...bom, você falou de seu ultimo namorado cinco anos...nossa!!minha mãe diz que seu casamento acabou tão rapido que ela mal lembra como era, detalhe a minha mãe ficou casada por 25 anos...éeee realmente os tempos mudaram hehehe!!!
abraço!!
gil!!

Pegante disse...

primeiro... feliz 2009, bem atrasado!

acho até válido dar uma procurada por namorado, mas sem desespero.

ultimamente ando cercado por gente (gay, mulher hetero, etc) que passa o tempo todo só falando que está infeliz porque está sozinho.
acho que vão continuar infelizes até cair a ficha e perceberem que ninguém quer namorar um infeliz.
e, além disso, acho um erro colocar a responsabilidade de sua felicidade completamente na mão de uma outra pessoa!

douglasfert disse...

A melhor opção? Dentro de você mesmo.
Se você estiver bem consigo mesmo, feliz, aberto a novos horizontes e possibilidades. Não encontrará ninguém, pois vão encontrá-lo primeiro.

W disse...

Pois é, a várias maneiras de se encontrar o amor.

Vira e meche, me bato com certos cara que me despertam algo, mas então será que ele é? Ariscar a ficar com olho roxo não msm xD